Ponto certo de se doar

Ninguém sabe o ponto certo de se doar e quanto vale a pena. É verdade… Às vezes, não vale. A gente se dá sem querer nada em troca. Por quanto tempo conseguimos encher copos de água para o outro enquanto morremos de sede? Não será essa atitude uma maneira de simplesmente alimentar o egoísmo do outro? É cômodo apenas receber…

– Débora Böttcher
Anúncios

3 comentários sobre “Ponto certo de se doar

  1. não me iludo mais com isso… eu quero doar sim, tudo de bom que tenho… mas quero receber tb! eu mereço! todos nós merecemos… morrer de sede em frente a um oásis no deserto? não sou santa, não estou acima do bem e do mal… sou humana… e sinceramente? não vale a pena!
    beijocasssssssssssssssssssssssssssssssssss.

    Curtir

  2. é cômodo apenas receber sem querer dar e, talvez por isso, recebemos tanto da vida, do ambiente, daqueles que amamos, e não retribuíamos como deviamos, ou sequer pensamos nisso… e quem sabe um dia olharemos espantados para as nossas próprias vidas e soltaremos uma interjeição qualquer, pois perceberemos o quanto que é dando que se recebe e a nossa omissão velada é apenas mais um sintoma daquilo que a sociedade (quer dizer, nós) construimos em séculos e séculos de egoismo e descaso.
    “Ninguém sabe o ponto certo de se doar e quanto vale a pena”.

    quero convida-lhe a visitar, se der, o meu blog de poesias (Experimentando Versos) no endereço:

    http://experimentandoversos.blogspot.com

    um abraço, JR

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s