As pessoas mudam?

Um relacionamento perfeito é onde, além do amor, existe confiança sexo e respeito. Se não há isso num relacionamento, pode acabar. Ele não vai muito longe.

– Taberneira no blog “Taberneira

Esse é um trechinho só do desabafo da moça em relação à uma traição e um reatamento (existe essa palavra?) de relacionamento.
Particularmente eu também não acredito que as pessoas mudem, pelo menos no âmbito relacionamento. Tenho dezenas de histórias pra ilustrar, mas não vou sair contando da vida alheia, vamos tomar a minha por exemplo.
Isso é tão íntimo e pessoal, nem comecei a escrever e já me vejo arrependida.
Fulano era amigo de uma amiga minha. Toda história que começa assim, dá merda, acredite. Minha amiga conseguiu não sei como, me dobrar em relação a esse Fulano. A gente não tinha nada em comum, absolutamente nada. Ele tinha pelo menos uns duzentos defeitos que eu não admitia na época. Não admitia porque eu passei a ser menos exigente em alguns aspectos, mas ainda me incomoda muita coisa. Bom, tivémos um relacionamento rápido, se assim podemos classificar. Mas não foi pra frente. Por quê? Porque ele que estava tão apaixonado conforme palavras da minha amiga, não deu mais as caras. Ah, minha gente, já levou um fora de alguém que era apaixonado por você? Do tipo, você não queria nada com o cara, daí depois de muita luta (e põe luta nisso porque eu sou irredutível) você resolve ceder e o negócio não vinga porque o outro simplesmente não se dedicou o suficiente? Peraí, não era ele o apaixonado? Bom, vou parar com os desabafos desse episódio.
Depois de alguns anos o meu telefone toca e é Fulano. Bom, eu devia estar muito carente e desesperada, devo admitir. Aceitei sair novamente com ele. Foi diferente a princípio, confesso. Ele era mais atencioso e amoroso, e já fui esquecendo do passado. Afinal, as pessoas mudam… não mudam? Respondo: não minha gente, não mudam. Tudo era muito bom, muito lindo, muito apaixonado, do jeito que devia ser quando estávamos só os dois. E esse foi o problema. “Só os dois” não é exatamente um relacionamento. É quase “segredo”. Porque invariavelmente temos que ter amigos, colegas de trabalho, parentes. E não dá pra ser uma pessoa comprometida quando está com você e outra totalmente livre na frente dos outros, dá? E pior de tudo é que eu ainda estava anestesiada pelo “pessoas mudam”, foram amigos dele que me abriram os olhos. Humilhante.
Enfim, acabou. E mesmo depois de dezenas de telefonemas, cartões, dvds, flores, chocolates, presentes, que vinham de tempo em tempo pedindo indiretamente uma terceira chance, fui irredutível.
As pessoas não mudam. Elas agem como convém e quando convém.
Bom, talvez eu tenha mudado em alguma coisa: desde então, risquei “segunda oportunidade” do meu dicionário.

Anúncios

7 comentários sobre “As pessoas mudam?

  1. Coisa chata né!? Esse tipo de situação é realmente muito ruim, até acho que serve pra gente aprender, crescer, etc mas é muito desgastante mesmo.
    Mas a coisa passa mulher! Acredite! Por pior que ela esteja sempre acaba passando e eu desejo a você que passe muito rápido!
    Quanto à história, como você mesma acabou fazendo eu até acho válido sim a segunda chance porque todo ser humano sempre ‘enfia os pés pelas mãos’ as vezes e acabam fazendo as coisas da maneira que não queria, mas terceira chance também acho que é demais!!!
    E sobre as pessoas mudarem, eu acredito MUITO que mudam sim, por uma questão até de, como dizer, conceito de vida (?) eu acredito que a mudança pessoal é até o objetivo de tudo isso aqui (a vida!) MAAAASSSSSSSS elas (a gente) só mudam quando querem, quando julgam necessário, quando se assumem erradas e, infelizmente, isso é muito difícil né!
    Fique bem!
    Beijos

    Curtir

  2. Querida Poetriz!

    Acompanho seu blog desde o inicio ( inicio mesmo hein), mas permanecia no anonimo até que esse ultimo post mexeu muito comigo. Não risque a “segunda oportunidade” do teu dicionário…dê uma chance…já passei por isso e digo que vale a pena, vale Ser Feliz!

    beijocas pra ti guria!!!

    Curtir

  3. Realmente! Sempre dizem: “Acho melhor você dar uma segunda chance!”. Pra quê uma segunda chance? Ninguém muda do dia pra noite, muito menos pra agradar outra pessoa! Disse tudo.
    Obrigada pela citação! 🙂

    Curtir

  4. eu nem tinha ainda aberto o texto.. só de ver o nome do post na minha atualização eu respondi: NÃO, não mudam.

    infelizmente minhas experiencias de vida me provaram que: ou vc eh uma coisa ou outra.

    ou eh macieira, ou abacateira. não se pode nascer mação num pé de abacate.

    agoraaa.. sim, podemos ser maçãs ou abacates melhores.. ou piores.

    a gente modifica algo em nossa propria essencia.

    a essencia?? essa naum muda de jeito nenhum!!

    ** minha humilde opinião…

    Curtir

  5. Ola
    Amiga

    Tenho uma opinião contrária a sua , eu mudei muito
    diante de minhas primaveras , sempre analisando os erros
    aperfeiçoando emfim adaptando as pessoas ao nosso convívio
    que mudam constantemente .
    Com relação aos relacionamentos só tenho uma coisa a dizer
    não é fácil encontrar a ´pessoa certa é quase como ganhar
    na loteria minha amiga …
    Abraços com carinho

    Curtir

  6. Acho que devemos da uma 2° chance, mais conciente de que pessoas não mudam não adianta, no maximo melhoram. Agente é o que é mesmo….Em questão dessa chance digo, para nos mesmo termos conciencia que pelo menos tentamos,mais émelhor seguir em frente.. existem pessoas que não precisam dessa mudaça, então é melhor ficar com essas…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s