Cartas pra ninguém – I

M.,

Eu sei que lhe devo uma explicação, mas não quero dar-te. A explicação seria uma grande mentira, eu forjaria até uma doença na minha família pra justificar esse meu medo idiota. Medo de que, você perguntaria. E eu diria que não sei.
Engraçado que até um mês atrás eu sonhava com um principe encantado. Sonhar é tão seguro! Então você apareceu com o pior histórico que já ouvi na vida. Mas ao mesmo tempo tão encantador, tão atencioso, tão “oso” demais e não estou acostumada.
Acostumei a ser sozinha, a assistir filmes europeus e asiáticos e não ter ninguém pra dividir. Vivi por tanto tempo entre livros e histórias que só aconteciam na minha cabeça, as mesmas que me impedem de pegar no sono logo que deito na cama.
Eu queria tanto mudar, ter novas motivações. Então aconteceu você. E o que seria uma resposta de encontro ao que eu precisava, me deixou aterrorizada.
Eu não sei ser “a gente”, sempre fui só eu.
Tento me acostumar com a idéia de que é necessário me doar um pouco pra você. E o mais absurdo dessa história é que sempre me doei demais pros outros. É que de repente, esse doar pra você acaba sendo uma retribuição, algo que mesmo sem eu esperar eu sei que voltará pra mim.
Acho que o problema sou eu. Nunca me permiti me entregar. Fico sempre receosa, com medo.
E a explicação que eu te devo, é exatamente essa: tenho medo. Um medo absurdo que dessa vez seja verdade, de abandonar aquela mania de ser sozinha. Um medo maior ainda de que não seja nada, só mais um caso que vai doer no futuro.
Por enquanto ainda não dói, não sangra. E é isso que me dá medo!
Tenho medo do que é bom. Como se eu não fosse digna de receber todo esse carinho.
E pior, me acostumar e perdê-lo brevemente. Talvez, por culpa minha.
Mas isso é uma longa explicação pra quem não queria te dizer nada.

Saudades do seus beijos.
F.

Anúncios

3 comentários sobre “Cartas pra ninguém – I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s