Cartas para ninguém – IV

Querido,

Estranho ouvir suas histórias. Ouvir que amou uma doce menina que era linda, e depois sobre a última megera de que se livrou que era linda, me doeu. Doeu não porque amou outras, porque teve histórias longas. Se esses relacionamentos duraram anos é porque você é alguém que se envolve, que se permite amar, que tem esperança nas relações. Você mesmo sofrendo insistiu, e amando desistiu, demonstra que você tem coração e sofre como qualquer outro. Eu esperava que você fosse insensível, que não ligasse a mínima e saísse com todas e várias e quantas mais melhor. E parte sua é assim, mas antes de se envolver.
É muito triste visitar o passado com tanto rancor e pesar. Não podia ser você? Tinha que ser você? Enfim, você.
Normalmente as pessoas gabam-se das muitas conquistas, de todas. Você gabou-se do duradouro, do que marcou e doeu mais. Nas suas histórias vi sua fragilidade mascarada de palavrões e desdém.
Então doeu em mim, profundamente. Porque tive um vislumbre do nosso fim, de que certamente não serei citada numa futura conversa com seu novo amor. Doeu porque eram lindas suas namoradas. Lindas demais.
E pra mim, a gente ainda não se encontrou, ainda não funcionou direito. Falta alguma coisa que sei o que é, mas não sei reparar.
Falta beleza, fluidez, dança.
Falta poesia!
E nenhuma história pode ser linda sem ela.

Fechada em fantasias que acontecem dentro de mim quando fecho os olhos, despeço-me.
Ainda não estou preparada para ficar sem seus beijos.

F.

Anúncios

2 comentários sobre “Cartas para ninguém – IV

  1. Estranho como as histórias se repetem, como é ordinário esse meu sofrimento…Estranho e bom.Por saber que alguém também sofre por fins sem começos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s