Por que você me ama?

— Por que você me ama?
Seus olhos ficaram tão suaves, mudando instantaneamente de confuso a um olhar incrivelmente amoroso, que me derrubou de vez.
— Você quer que eu explique para você? — Ele perguntou de forma solene.
Eu balancei a cabeça.
Ele traçou um dedo na minha testa.
— Eu posso fazer isso. Eu realmente gosto de falar sobre isso. Você é o meu assunto favorito, amor. Vou começar com os olhos. Foi a primeira coisa que eu me apaixonei. Seu olhar foi como um soco no meu estômago. Você tem esses olhos sem idade, em um rosto tão jovem. Eu apenas sabia que você já tinha visto coisas ruins, vivido coisas ruins e, desde o início, eu sabia que você poderia entender a dor. Entender a solidão e desespero. Entender o sentimento de viver sem esperança, desamparado e sozinho. Eu me apaixonei pelos seus olhos primeiro, porque eu olhei para suas profundezas, e vi a outra metade da minha alma.

R. K. Lilley in “Grounded”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s