Como insetos

O que eu realmente precisava era sentir seus braços firmes e quentes de novo em torno de mim. Precisava muito do seu calor. Abracei a mim mesma, friccionando os dedos nos braços, para cima e para baixo. Acho que as pessoas são como insetos às vezes, atraídas pelo calor.

Lucy Christopher in “Raptada: Carta ao meu Sequestrador”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s