Deixar ir

– E ali, cercada pela água da lagoa de que Khaled tanto gostava, começou a chorar. Mas não se sentiu sozinha; imaginou que Khaled a envolvia com os braços sem dizer nada, enquanto esvaziava sua dor e deixava que se desfizesse o nó que sentia no estômago e acabasse a imensa dor que sentia em seu coração. Nesse momento, Amal o deixou ir.

 

Maha Aakhtar in “Mel e Amêndoas”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s