Dei-me a outras pessoas

Dei-me a outras pessoas por causa de ti – para te deslumbrar, sim. (…)
Dei-me a tudo o que tu amavas e fiz de conta que era inocente, ou, pelo menos, perversa, para não te perder.
Dei-me depois ao ressentimento de não te ter, à maledicência de ti, por não saber ser-te indiferente.

Inês Pedrosa in “Fazes-me Falta”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s