Pelas coisas que quer

A gente aprende a se defender e a lutar pelas coisas que quer.

– Caio F.Abreu in “Cartas”

Anúncios

2 comentários sobre “Pelas coisas que quer

  1. E se a frase fosse assim: “A gente aprende a lutar pelas coisas que quer e aprende a se defender”, mudaria algo do sentido da vida? Porque vejo, primeiro, o lado das coisas que se quer; depois, a lutar por elas; em seguida, ter que me defender; e, por fim, ter que aprender. Ou, referente a estas duas últimas, a sequência invertida, parece… Se não dá pra falar sobre a totalidade das pessoas, será que para a maioria delas é possível ter a frase como o Caio estabeleceu ou como a estabeleci, como norma (no bom sentido deste termo)?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s