(In) utilidade

A utilidade é uma coisa muito cansativa. Você ter utilidade pra alguém é uma coisa muito cansativa. Está certo, realiza, humanamente falando é interessante você saber fazer as coisas, mas eu acredito que a utilidade é um território muito perigoso. Porque muitas vezes a gente acha que outro gosta da gente, mas não, ele tá é interessado é naquilo que a gente faz por ele.

A velhice é este tempo em que passa a utilidade e aí fica só o seu significado como pessoa. Pois nesse tempo temos a oportunidade de saber quem nos ama de verdade, pois só vai ficar do nosso lado até o fim aquele que, depois da nossa “utilidade”, descobrir o nosso significado.

Se quer saber se uma pessoa te ama de verdade, é só identificar se ela seria capaz de tolerar a sua inutilidade. Quer saber se você ama alguém de verdade? Pergunte a si mesmo: “Quem nesta vida pode ficar ‘inútil’ para mim, sem que eu sinta o desejo de jogá-lo fora?”

Só o amor nos dá condição de cuidar do outro até fim. Feliz aquele que tem, ao final da vida, a graça de ser olhado nos olhos e ouvir a fala que diz: “Você ‘não serve para nada’, mas eu não sei viver sem você.

– Pe. Fábio de Melo

DVD No meu interior tem DEUS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s