O mais cego

Amor… Eu depositava tanta fé nele.
Verdade… Eu continuava a acreditar que ela sai dos lábios da pessoa que mais amamos e em quem mais confiamos.
Confiança… Está intimamente ligada ao amor e à verdade.
Onde termina um e começa outro?
Como saber que o amor é o mais cego?

V. C. Andrews in “A Saga Dos Foxworth – O Jardim Dos Esquecidos”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s