Reflexões de fim de ano – I

Estava anotando os últimos filmes que vi e resolvi olhar a contagem.

Ano passado, assisti ao todo 133 produções. Foi o ano que descobri os doramas, passei os primeiros meses devorando série após série. Mas logo em seguida, veio a vida e seus compromissos. Terminei minha segunda graduação, fiz (em cima da hora) e apresentei minha monografia, corri pra entregar os trabalhos obrigatórios e relatórios de estágio. Estudei muito, prestei o exame da ordem e passei na primeira fase no final de novembro.

Esse ano foi o inverso, com a aprovação na primeira fase do exame da ordem no fim do ano anterior, faltava a temida segunda fase. Fiz cursinho, estudei de domingo a domingo, acordava cedo, dormia de tarde e voltava pros estudos, fazendo exercícios. Tanto esforço não poderia ter outro resultado: passei!

E quando achei que finalmente ia poder focar nos filmes, resolvi prestar um concurso, arrumar emprego, resgatar o FGTS inativo que o Temer liberou. Eu perdi 3 dias quase que inteiros na CEF, sentadinha, esperando minha senha, pra poder liberar esse dinheiro! rsrsrs

E na correria desse ano, assisti 174 produções. Porém, o cardápio desse ano foi muito mais variado. Voltei a ver animes – quem não assiste, não sabe o que está perdendo! Tem história pra todo o público, tem romance, terror, suspense, policial, monstros. E os clássicos de heróis super poderosos que derrotam inimigos com efeitos pirotécnicos.

Dos animes, quero destacar Haikyuu – pros amantes do esporte vôlei – e Boku Dake ga Inai Machi que é um suspense policial que também é série, atualmente exibida pela Netflix com o nome de Erased.

Também esse ano, descobri os BL (boys love). São histórias, em sua maioria inocentes, sobre a descoberta do amor entre meninos. Aquele romantismo que a gente não vê mais em histórias pós Cinquenta Tons.

Pro ano que vem, pretendo novas mudanças. Queremos mudar de casa, devido ao problema com os vizinhos que fazem festas constantemente, com o som no último volume, que duram um fim de semana inteiro ou mais. Mudar de casa tem outras implicações de tempo, emprego, etc…

Espero que 2018 vem com boas energias, que traga boas surpresas e finalmente, paz. Pra mim, minha família, e vocês que aparecem por aqui e acompanham o blog. ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s