Palácio para a Juventude Eterna

Eu desejo que Sua Majestade me sacrifique.
Para que possa salvar a nação.
Oh, Sua Majestade…

Quando alguém deixa o Palácio para a Juventude Eterna, todos podem ver a vida dele ou dela lá.
O que eu vejo é o desamparo e compromissos em cada passo.
Minha vida tem sido distendida pelo destino, vivendo uma vida em que não aprecio.
Os anos em que vivi, com todo o descontentamento que sinto no meu coração.

Shang Xirui cantou tudo o que senti.

Meu pai morreu.
Eu desisti do que eu realmente queria fazer.
E fui para casa para aprender sobre como fazer negócios, mas é mais fácil dizer do que fazer.
Eu era muito novo.

Eu sei que na vida, você não conseguirá sempre agir como deseja.
É sentir solidão.
É o que você quer mas não consegue tê-lo.

♪ Sua Majestade ♪
♪ Seu companheiro, Yang Yuhuan ♪
♪ Irá se curvar para agradecer a sua graça. ♪
♪ Por agora, ♪
♪ Nós não podemos nos encontrar novamente. ♪

Mas Yang Guifei me disse, que ela não quis.
Ela não quis se submeter, ela preferiria morrer.

Você não precisa morrer.
Contanto que soubesse como deixar as coisas irem.

Deixar o que ir?

As pessoas, certas questões, aprender como aceitar seu destino.

Então não faz sentido estar vivo.

Espere!

Não posso esperar mais.
Se eu for mais lento, meus arrependimentos irão me alcançar.
Arrependimentos?

A Mãe deixou o palco da ópera.
Ela andou, andou e se perdeu nela mesma.
Eu preciso voltar para me encontrar.

Mãe, eu finalmente entendo.
O que você sonhava e desejava, o que levou a senhora a ir embora.

O Yang Guifei que cantou, a ópera que amava.
Então era assim como a senhora se sentia.

As voltas e reviravoltas na ópera, Shang Xiui carrega a alma de Yang Guifei.
Cantando e dançando, lentamente andando sozinho.
Todo o tempo flui em suas mangas, um movimento, uma visão.

Aqueles que atuaram são idiotas.
Aqueles que assistiram são bêbados.
Aqueles que estão no palco não sabem se estão numa peça.
Aqueles que estão fora do palco não sabem se estão num sonho.

Um sonho, uma vida.
Uma vida, um sonho.

Os diálogos acima são a legenda do episódio 6 de “Winter Begônia”, uma série chinesa. Na cena, um dos personagens vai à ópera. Ele é amigo do cantor de ópera, mas não entende muito de óperas. O amigo adverte que ele irá gostar do que vai ver, meio que se gabando por ser um ator excepcional. Então, a cena segue conforme acima recortei.
Lendo não é a mesma coisa que vendo, e ainda com a trilha sonora escolhida.
Meus olhos marejaram, assim como o do personagem, quando ele se conectou com a história da ópera, com a personagem, quando ele viu sua vida, seus anseios e arrependimentos transportados naquela cena.

Essa conexão que a gente sente em poucas obras, de que é da gente que estão falando, que podia ser a gente mesmo a escrever aquelas linhas.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s