Todo o esplendor

Quando eu era pequeno, todo o esplendor do presente de Natal estava também na luz da árvore, na música da missa de meia-noite, na doçura dos risos …

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Os olhos são cegos

– Mas os olhos são cegos. É preciso buscar com o coração …

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Sempre me fazem rir

Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo.
E abrirás às vezes a janela à toa, por gosto … E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: “Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!”

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Terás estrelas como ninguém

As pessoas têm estrelas que não são as mesmas.
Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam.
Tu, porém, terás estrelas como ninguém…

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

São belas

As estrelas são belas por causa de uma flor que não se vê…

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

O essencial

Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Fiz dele um amigo

Mas eu fiz dela um amigo.
Ela é agora única no mundo.

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Estrelas que sabem rir

Quando olhares o céu de noite, porque habitarei uma delas, porque numa delas estarei rindo, então será como se todas as estrelas te rissem ! E tu terás estrelas que sabem rir!

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Estrelas floridas

Se tu amas uma flor que se acha numa estrela, é doce, de noite, olhar o céu. Todas as estrelas estão floridas.

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’

Risco

A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar…

– Antoine Saint-Exupéry in ‘O Pequeno Príncipe’