Donzela branca

Amei uma donzela branca como o Inverno, com o luar nos cabelos.

R.R.Martin in “Fúria de Reis”

Anúncios

Arme-se bem

O conhecimento é uma arma, Jon. Arme-se bem antes de partir para a batalha.

R.R. Martin in “Festim de Corvos”

Nada resta

– O fogo consome. – Lorde Beric estava em pé atrás deles, e havia algo na sua voz que silenciou Thoros de imediato. – Ele consome, e quando termina, nada resta. Nada.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”

Mais um livro

Estava brutalmente cansado, mas era difícil parar. Mais um livro, dizia a si mesmo, e depois paro. Mais uma folha, só mais uma. Mais uma página, e vou para cima descansar e comer qualquer coisa.
Mas havia sempre outra página depois dessa, e outra a seguir, e outro livro à espera por baixo da pilha. Vou só dar uma espiada rápida para ver qual o assunto deste, pensava, e antes de se dar conta já tinha lido metade.
(…)
Meistre Aemon compreenderia. Antes de perder a vista, o meistre amara tanto os livros como Samwell Tarly. Compreendia o modo como por vezes se podia cair dentro deles, como se cada página fosse um buraco aberto para outro mundo.

R.R. Martin in “Festim de Corvos”

Primeiro vivemos

Ele devolveu o beijo, apesar de tudo. Quando enfim se separaram, Ygritte estava corada.
– É meu – sussurrou. – Meu, como eu sou sua. E se morrermos, morremos. Todos os homens têm de morrer, Jon Snow. Mas, primeiro, vivemos.
– Sim, – A voz de Jon estava pesada, – Primeiro vivemos.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”

Palavras são flechas

O silêncio é amigo de um príncipe, o capitão ouviu-o dizer à filha uma vez.
As palavras são como flechas, Arianne. Depois de disparadas não podem ser chamadas de volta.

R.R. Martin in “Festim de Corvos”

Monstros e cavaleiros

– Isso não vai ser uma daquelas histórias de amor, não é? – perguntou Bran, desconfiado. – O Hodor não gosta lá muito dessas.
– Hodor – disse Hodor, concordando.
– Ele gosta das histórias em que os cavaleiros lutam com monstros.
– As vezes os monstros são os cavaleiros, Bran.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”

Só porque podem fazer

– Ela nunca fez mal a ninguém, nem mesmo a Theon. Só contava histórias. Theon não ia fazer al a alguém assim. Certo?
– Algumas pessoas machucam outras só porque podem fazer isso. – disse Jojen.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”

Fazer nada

As vezes – disse Catelyn lentamente -, a melhor coisa que podemos fazer é nada.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”

Falsidades

Uma voz pode proferir falsidades, mas em muitas sempre é possível encontrar verdade.

R.R. Martin in “A Tormenta da Espada”